domingo, 28 de outubro de 2012

l.a. woman.


Toda a gente odeia a Casa dos Segredos. É um facto… Isso e toda a gente adorar ver. É aquela velha mania de dizerem que é o “putedo” e só vêm porque demonstra a estupidez nacional, mas obrigam toda a gente a ver, sem admitirem que realmente gostam de sintonizar na TVI. Hipócritas de merda. Pelo menos eu, sincero e honesto, admito que vejo todas as cenas lésbicas/eróticas que passam nesse “programa”. É a chamada pornografia em horário nobre e eu nem sequer me oponho a isso, assim como não critico quem está a viver naquela casa. É tudo uma questão de sinceridade. Há quem goste de pornografia e há quem goste de criticar tudo, mas no fundo, todos nós vemos a Casa dos Segredos, de uma forma ou de outra. Sentimo-nos bem ao pensarmos que somos superiores a todos aqueles residentes ou que somos mais decentes e com ideias morais divinas. Não somos. Eles podem ser motivo de chacota nacional, mas toda a população portuguesa quer saber ao Domingo à noite quem é eliminado. Pensando bem, eles estão num patamar bem superior ao nosso, já que eles decidem o que vamos fazer a um Domingo. Sagrado Domingo, o dia do descanso.

Sem comentários:

Enviar um comentário