quarta-feira, 21 de novembro de 2012

you.

Já sentia saudades do tempo ameno, é prenúncio de algo bom. Só posso pensar na vitória do Futebol Clube do Porto para hoje e é sempre motivo de exaltação quando o campeão nacional joga no seu estádio. É um sítio abençoado por todo o tipo de frades, bispos, sãos, santos, deuses e até o próprio Papa. O presidente. Por outro lado, a vida não é só futebol. Também se trata de viagens acompanhadas. Talvez Guimarães ou Setúbal. Parecem ser sítios amorosos, deslumbrantes, bastante encurvados, de perder a respiração e interessantes. É sempre refrescante visitar novas regiões cidades sem sequer ser uma longa viagem. Agora ir à Lua, isso sim. Não que eu tenha ido, porque não fui, mas gosto sempre de pagar o bilhete a outra pessoa. E agora, com toda a sinceridade, admito que não quero ir a esse satélite, ou a Guimarães ou a Setúbal. Apesar destas viagens terem aspetos benéficos para o corpo, não o têm para a mente. Sendo eu já musculado nesses tais pecados viagens, admito também que sou raquítico e anoréxico quando o assunto é caminhar. Gracioso e enamorado. Não sei porque nunca andei... Vou testar, um dia destes, se me motivar o suficiente. Sendo assim, vou perder músculo. Caminhar faz bem à saúde e vai fazer com que adormeça com um só pensamento. Se há coisa que o Português me ensinou, foi a metáfora. Útil para todo o tipo de escrita, já que permite a expressão anormal sem se tornar um crime público. Loiro, constipado, simpático, sonolento, experiente. Otário.

7 comentários:

  1. Obrigada Miguel. Segui de volta (: e gostei do texto.

    ResponderEliminar
  2. muito obrigada, mesmo! Fico contente por ver que afinal não sou a única a pensar assim (:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oh, mau era se fosses a única a pensar assim...

      Eliminar